Cidadeverde.com

Folião improvisa fantasia de Hulk e invade cabine da TV Cidade Verde

No maior corso do mundo tem de tudo: até personagem de história em quadrinhos. E o foi gastando apenas R$ 4, que o vigilante Eliezer Viana se fantasiou de Hulk para brincar a festa pré-carnavalesca. O folião conta que para montar o herói usou roupas que tinha em casa e o único gasto foi com a tinta verde artesanal para pintar o corpo.

"É a segunda vez que venho de Hulk e ano que vem estamos aqui de novo. É um personagem que transmite força e também representa a natureza. E em tempos de crise, o jeito é brincar o corso de um jeito econômico e divertido. A minha fantasia do ano passado, perdi. Então fui no guarda-roupa e peguei umas roupas usadas, rasguei, pintei o corpo e estava pronto", disse o folião.

O vigilante disse ainda que outro motivo para optar pela fantasia é o seu filho de cinco anos, o pequeno Ângelo Gabriel. "Ele gosta muito do personagem e é uma forma de também homenageá-lo", disse.


O Hulk folião tentou "atacar" o Galego durante a transmissão da TV Cidade Verde

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com