Cidadeverde.com

Foliões apostam em reciclagem de fantasias dos anos anteriores

Kleiton Alexandre este ano veio participar do Corso de Teresina vestido de Pantera Cor de Rosa. O folião disse que reaproveitou a roupa do ano passado, que era Rosa Choque e a transformou. 

“Eu já vim de nega maluca e ano passado de rosa choque, como eu queria reaproveitar a fantasia resolvi fazer a cara da pantera de espuma e vir de Pantera Cor de Rosa”, explicou. 

Kleiton gastou R$ 50 para confeccionar o que restava e passou uma semana fazendo. 

Transformers  

Armando Barros, que ano passado, confeccionou sua fantasia de Homem de Ferro com papelão, esse ano também quis inovar, utilizando o mesmo material e resolver se transformar em um homem-carro. O transformer ficou tão bem-feito que ele vira um carro na avenida durante o Corso. Armando gastou R$ 60 com a fantasia.

 

Caroline Oliveira
carolineoliveira@cidadeverde.com