Cidadeverde.com

Corso será monitorado por drones e terá 1200 policiais na segurança

  • d1d85feb-e526-417e-8665-95d070a34ca6.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • cbfc652c-d48c-4c1b-b313-3ca651c41833.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 214230cb-eb8c-4738-a0b0-d545406e8291.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 7357b727-34f3-44de-b700-053ab2d7894f.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 88cdf192-b787-4748-a653-7bfd3cb14be5.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 16dcc0cd-eb98-4354-9112-f417d39bde38.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • untitled.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • f4ed155e-2ce2-4758-b96e-c5d8645a9ed4.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • ec13427c-e5ff-4b7c-a293-076d49c6fd3a.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • e441490b-91ed-4313-aee6-1bad164c6c0b.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 9277925f-14e9-4c42-8325-473d703feb03.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 404c16b4-3271-422a-90b6-0880ac9a874e.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 9fb6c727-3e70-40d1-8a5c-6978f4ffd035.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 7c109d13-5b07-4132-b574-867005c77fc4.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 2e536902-711b-442b-ac1f-b0b6a8a832f1.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 2de4f20a-4f91-42c3-8a5b-8cb8edfef4df.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 1f927808-cd7b-4850-beef-a9b335eb025d.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com
  • 1b48f5bd-cf71-490e-9c99-a6826f8c3310.jpg Wilson Filho/Cidadeverde.com

O Corso de Teresina terá segurança ainda mais reforçada este ano. Além de mais de mil agentes da Segurança Pública, o evento contará com drones, 20 plataformas elevadas com policiais identificados com coletes reflexivos e capacetes brancos, além de refletores e câmeras de segurança às margens do rio Poti. Outra novidade é a instalação de um Centro Integrado de Segurança no corredor da folia.

"Os drones vão informar via aérea a localização de qualquer tumulto na avenida. Já plataformas serão semelhantes ao Carnaval de Salvador. Vamos ter ainda cinco pontos de bloqueio no corredor da folia onde será feita uma vistoria prévia nos foliões. Ao todos serão 1.200 agentes da Segurança Pública, além de guardas municipais", disse o coronel Alberto Menezes, coordenador de operações da PM.

Representantes da prefeitura, Corpo de Bombeiros, Ministério Público, Polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal, estiveram reunidos para explanar como se dará a logística do corso. Em relação ao trânsito, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) estará em pontos da avenida João XIII.  

"A PRF vai fechar a rodovia federal nos principais acessos a Raul Lopes para evitar que haja o trânsito de veículos concomitantemente com o de pedestres. Isso será importante para que a população possa brincar o Corso sem acidentes. O bloqueio acontecerá cerca de 2 a 3 horas antes do início do evento. Também vamos fiscalizar a ingestão de bebida alcoólica", disse Danilo Teive, policial rodoviário federal. 

O diretor de Operação e Fiscalização da Strans, coronel Jaime Oliveira, ressalta que, diferentemente de anos anteriores, a avenida Marechal Castelo Branco não será bloqueada.

"A avenida Marechal Castelo Branco estará totalmente livre. Serão bloqueadas a Raul Lopes e as ruas perpendiculares a ela. O bloqueio fisico com containers de aço acontece a partir das 6h da manhã e às 14h só terá acesso ao corredor da folia quem estiver com adesivo", alerta o diretor de Trânsito da Strans. 

O Corpo de Bombeiros contará com uma viatura de combate a incêndio e uma lancha aquática para evitar fuga de algum suspeito pelo rio. 

Proibida entrada de foliões com garrafas de vidro

No corso será proibida a comercialização de bebidas alcoólicas em garrafas de vidro. A fiscalização na entrada será realizada pela PM.

A instalação das barracas dos ambulantes cadastrados na prefeitura começa na quinta-feira (01). Ao todo 416 ambulantes se inscreveram.

"Neste ano não será permitida a instalação das barracas no estacionamento da Ponte Estaiada", alerta Lupercio Medeiros, gerente de fiscalização da SDU Leste.


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com