Cidadeverde.com
Diversidade

Grupo Matizes é tema de Tese pela Universidade Federal do Piauí/UFPI

O Doutorando Libni Milhomem Sousa realizado estudo  cuja tese aborda sobre “Políticas Públicas e Visibilidade no Estado: o uso da judicialização como estratégia de trabalho do Grupo Matizes em Teresina/PI”. O acadêmico integra o  Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas, da Universidade Federal do Piauí – UFPI , sob orientação da Profa. Dra. Olivia Cristina Perez.

 O objetivo da investigação é  analisar o uso da judicialização enquanto uma das frentes de trabalho do Grupo Matizes. Na ocasião, a pesquisa realizará o levantamento das políticas públicas judicializadas no estado, através da atuação do movimento, tal como, mostrará os caminhos percorridos pelo Grupo Matizes na conquista de direitos.

 “ A pesquisa tem uma importante contribuição para a academia, dado que, apesar de inúmeros pesquisas sobre o tema, a tese se difere  ao analisar especificamente, como um movimento social local no nordeste do Brasil se apropria da estratégia de judicialização a favor da população LGBTQI+, preenchendo uma lacuna teórica nesse campo do conhecimento”, afirma  Libni Milhomem.

De abordagem qualitativa,  a tese contará com a técnica de pesquisa documental  além de entrevistas em profundidade com militantes e outras personagens centrais na trajetória do Grupo Matizes. Os dados iniciais analisados serão apresentados em outubro de 2021 no 45ª Encontro Nacional da ANPOCS, realizado pela Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais. O evento é considerado um dos mais importantes do país na área das Ciências Sociais.