Cidadeverde.com
Diversidade

Vozes femininas plurais participarão de roda de conversa sobre os sentidos contemporâneo da abolição do 13 de maio

No próximo dia 13/05 vozes femininas irão ecoar dentro do campus da Universidade Federal do Piauí: Que bloco é esse/Eu quero saber/É o mundo negro que viemos mostrar pra você. Através  da  roda de conversa ‘Que buraco negro é esse: reflexões sobre 13 de maio’, o Núcleo de Estudos e Pesquisas em Educação, Gênero e Cidadania/NEPEGECI  e Observatório das Juventudes e Violência na Escola (OBJUVE) colocarão em foco a temática a partir da polifonia discursiva dos sujeitos femininos.

De acordo com a Profª Drª Shara Jane, do Centro de Ciência da Educação/UFPI, a ação visa problematizar o conceito de abolição na realidade contemporânea a partir do contexto dos feminismos. Shara destaca ainda que palestrantes apresentam perfis diferenciados: uma é da área jurídica, outra do campo educacional e uma representante/ativista da comunidade urbana de Teresina.  

Debatedoras narrarão sua história de lutas, os cenários pessoais e profissionais envolvendo as mulheres.  Profa Drª Maria Sueli Rodrigues de Sousa  é graduada em Direito, vinculada à luta pelos Direitos Humanos, docente da UFPI com mestrado em Desenvolvimento e  Meio Ambiente e doutorado em Direitos, Estado e Constituição; A ativista Social Maria Lucia Oliveira (Boa Esperança); Profa Drª Valdenia Sampaio realiza estudo sobre mulheres Trans no contexto educacional.  

A atividade acontecerá na Praça da Corujá/CCE a partir das 15h.

 

Por Herbert Medeiros