Cidadeverde.com

Secretaria de Educação nomeia todos os aprovados no concurso de 2014

Foto: Divulgação/Internet
 
A última nomeação dos candidatos aprovados em concurso público para cargos efetivos pertencentes ao quadro de pessoal da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), edital nº 003/2014, foi publicada no Diário Oficial do Estado e está disponível no site da Seduc. Nesta última etapa 270 professores foram nomeados para assumir vagas nas escolas da rede pública estadual, conforme calendário criado pelo Governo do Estado, representantes dos aprovados e do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica Pública do Piauí (Sinte).
 
De acordo com o secretário da Educação, Hélder Jacobina, em 2015 foram nomeados 653 professores e 34 nutricionistas. Em 2016 foram mais 95 nomeações de professores. No início de 2017 foram nomeados 327 professores e 03 nutricionistas e no mês de agosto mais 400 professores e 09 nutricionistas foram convocados. “Fechamos o ano de 2017 convocando mais de 300 novos professores concursados e no início de 2018, mais de 300 professores, ou seja, mais de 2 mil professores foram nomeados para assumir vagas nas escolas da rede”, comemora o gestor. 
 
Os novos professores devem  tomar posse junto a SEDUC – Coordenação de Cadastro – CCAD, no horário das 08:00 às 12:00 horas, até o dia  11.08.2018. No ato da posse, eles deverão  apresentar a documentação prevista no edital. Os docentes serão lotados nas escolas da rede estadual do interior e devem assumir a sala de aula em agosto, quando tem inicio o segundo semestre letivo. “Os professores já vão ingressam na rede estadual recebendo acima do piso nacional do Magistério. O Piauí é um dos poucos estados que vem cumprindo o Piso, chegando a pagar, inclusive, acima do valor estipulado pelo MEC”, lembrou o secretário.

88% dos que planejam aposentadoria reduzem gastos do cotidiano

Foto: Agência Brasil

Manter o padrão de vida durante a aposentadoria é o desejo de muito brasileiros, mas para isso é necessário abrir mão de gastos supérfluos ou abrir mão de algum sonho de consumo. É o que revela pesquisa realizada pelo SPC Brasil e pela CNDL. 

O levantamento aponta que 88% dos entrevistados que se preparam ativamente para a aposentadoria afirmam fazer adaptações no orçamento para garantir que a reserva seja suficiente.

As principais medidas adotadas incluem:

- redução de saídas a bares e restaurantes (49%)
- compra de itens supérfluos em supermercados (46%)
- gastos com viagens (40%). 

Outro dado que chama a atenção é o fato de 21% reduzirem gastos com plano de saúde, sobretudo nas classes C,D e E (24%).

Mesmo estilo

Considerando as reservas financeiras, 74% dos que se preparam para a aposentadoria acreditam que manterão um estilo de vida confortável após deixarem o mercado de trabalho. 

Entre aqueles que mencionam contribuir com a previdência social (INSS), 45% acham que o valor da aposentadoria será suficiente para seu sustento – sendo que 24% imaginam manter o padrão de vida atual e 22% um padrão de vida menor. No entanto, 38% reconhecem que o valor não será suficiente para seu sustento — percentual que chega a 54% na classe A/B.

Bolsa Família já está sendo pago com reajuste

Foto: Divulgação/Internet/site: Visão Oeste


Os inscritos no Bolsa Família já começaram a receber o benefício com reajuste de 5,67%. O pagamento será escalonado até o dia 31 deste mês. A informação é do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS).  

O último reajuste do Bolsa Família aconteceu nesta mesma época, há dois anos. Em 2016, o benefício também havia ficado dois anos sem aumentos. Este reajuste de 5,67% foi aprovado em maio pelo governo. O Bolsa Família é o maior desembolso social da União, consumindo cerca de R$ 29 bilhões anuais, distribuídos a quase 14 milhões de famílias.  

Segundo o ministério, para saber o dia em que o dinheiro pode ser retirado, basta que o beneficiário confira o Número de Identificação Social (NIS) impresso no cartão. Quem tem o cartão com final 1 pode sacar no primeiro dia do pagamento. Os com final 2, no dia seguinte e assim por diante.

Os recursos ficam disponíveis para saque por um período de três meses. O benefício é destinado às famílias inscritas no Cadastro Único e com renda mensal per capita de até R$ 89, além daquelas com renda mensal por pessoa de até R$ 178 que tenham entre seus integrantes gestantes, crianças ou adolescentes.

Investidores interessados na Cepisa devem enviar proposta na 2ª feira

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Arquivo/Agência Brasil

O leilão da Companhia Energética do Piauí (Cepisa) foi confirmado ontem (18) pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para o dia 26 de julho. 

Os investidores interessados na Cepisa deverão entregar suas propostas econômicas pela empresa e documentos de habilitação na B3 no dia 23 de julho, entre 9h e 12h, conforme informou o comunicado do BNDES, publicado em edição extra do Diário Oficial da União.

O leilão de outras quatro distribuidoras será realizado apenas no próximo dia 30 de agosto, porque algumas pendências das empresas com a justiça inviabilizaram a venda para este mês. Em agosto, portanto, serão leiloadas a Companhia de Eletricidade do Acre (Eletroacre), Centrais Elétricas de Rondônia (Ceron), Boa Vista Energia, distribuidora de energia em Roraima, Amazonas Distribuidora de Energia (Amazonas Energia). 

Já o leilão da Companhia Energética de Alagoas (Ceal) continua suspenso devido a uma decisão judicial.

Como será o leilão

Vence o certame quem pagar R$ 50 mil pela distribuidora e garantir menor desconto no adicional aditivo da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Ou seja, quem garantir a menor tarifa para o consumidor. 

Após o certame, no entanto, a empresa vencedora terá que fazer aportes milionários para que distribuidora tenha capital de giro e consiga funcionar normalmente. Somando as seis distribuidoras, serão necessários R$ 2,4 bilhões em aportes. O maior deles é o da Cepisa: R$ 740 milhões.

As dívidas das distribuidoras não serão assumidas pelos vencedores. Ficou decidido que a Eletrobras vai assumir todos os débitos, cujo valor estimado é de R$ 11,2 bilhões.

Também foi definido que a estatal assumirá os encargos de R$ 8,5 bilhões referentes ao aportes dos fundos setoriais de energia, referentes a créditos ou obrigações com a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) e a Conta de Consumo de Combustíveis (CCC). Com isso a Eletrobras deverá assumir cerca de R$ 20 bilhões em passivos das distribuidoras.

Governo nomeia 25 agentes penitenciários e 324 PMs


Foi publicado nesta quarta-feira (18), no Diário Oficial do Estado, a convocação dos 324 novos soldados da Polícia Militar que haviam terminado o curso de formação há cerca de 20 dias. Também foram nomeados os 25 primeiros aprovados no concurso para agente penitenciário do Piauí. 

Clique aqui para ver o DOE.

 

Cepisa está dentro do leilão e é a distribuidora mais atraente para investidores

Foto: Arquivo Cidadeverde.com

A Cepisa (Eletrobras Piauí) não só está apta ao leilão de desestatização marcado para o dia 26 de julho, como também é a distribuidora mais atraente para os investidores, exatamente por não haver pendência, como liminares contra a venda.

A suspensão da assembleia geral foi reconsiderada pelo juiz federal no Piauí Márcio Braga, que pediu apenas que fosse retificado o texto da Ata da Assembleia, com correção dos erros materiais. "Fica autorizada a Eletrobras a prosseguir no processo de desestatização já deliberado", diz a decisão.

Em relação às seis distribuidoras na disputa, Amazonas Energia, Ceron, Ceal, Boa Vista Energia, Eletroacre e Cepisa, havia uma liminar que questionava a lei de desestatização e havia suspendido o leilão, mas ontem (17), o presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), desembargador federal André Fontes, derrubou essa liminar.

Na decisão, o magistrado lembrou que a Lei nº 9.619, de 1998, autorizou a alienação do controle acionário das distribuidoras subsidiárias da estatal. O desembargador também destacou que “a possibilidade de desestatizações encontra base normativa na Lei nº 9.491, de 1997, que versa sobre o Programa Nacional de Desestatização – PND”.

O desembargador acrescentou ainda que, no caso específico do setor elétrico, incluindo as distribuidoras de energia, a desestatização é prevista pela Lei nº 12.783, de 2013. Ele escreveu, em outro trecho da decisão, que a suspensão da continuidade do leilão pode resultar em “risco de grave lesão à ordem e economia públicas”.

Prefeitura do PI abre concurso com 86 vagas para todos os níveis

Foto: Divulgação/Internet

A Prefeitura de Pimenteiras, a 252 km de Teresina, abriu concurso público para preencher 86 vagas, em cargos de nível fundamental, médio e superior. As remunerações vão de R$ 954 a R$ 2.800 + gratificação.

As inscrições estão abertas desde o dia 16 de julho e vão até o dia 6 de agosto, nos seguintes valores:

- R$ 60 para nível fundamental;
- R$ 80 para nível médio;
- R$ 110 para nível superior.

Os candidatos devem se inscrever través do link www.institutolegatus.com.br.  As provas estão previstas para o dia 9 de setembro.

Para cargos de nível superior, há vagas para médicos, enfermeiros, dentistas, fisioterapeuta, assistente social, psicólogo, professores, educadores físicos, engenheiro agrônomo, bilólogo e pedagogo.

Para cargos de nível médio, as oportunidades são para agente de combate a endemias, fiscal de tributos, agente administrativo, técnico em contabilidade, técnico em enfermagem, técnico educacional, artesão, técnico agrícola e fiscal ambiental. 

Para nível fundamental, há vagas para motorista categorias B e D, auxiliar de serviços gerais, vigia e agente de limpeza urbana. 

Clique aqui para ver o edital.

Semdec vai fazer pesquisa em empreendimentos do bairro Promorar

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) vai iniciar, nesta sexta-feira (20), uma pesquisa em pequenos empreendimentos do setor de moda e beleza localizados do bairro Promorar, zona sul de Teresina. A pesquisa faz parte do projeto piloto intitulado ‘Empreende Bairro’, para estimular o empreendedorismo social qualificado nas comunidades da capital.

A ideia é mapear todas as atividades econômicas de um bairro, selecionar quais os setores mais fortes, depois realizar uma pesquisa qualitativa; oferecer consultoria gratuita para melhoria dos negócios e estimular a formalização das atividades empreendedoras, além de capacitar os micro e pequenos empreendedores.

Para o primeiro dia de pesquisa do projeto piloto, os pesquisadores da Semdec estarão em campo devidamente identificados, a partir das 8h, e devem percorrer durante toda a manhã e nos próximos dias 100 empreendimentos do bairro, explicando o projeto e realizando a captação de dados específicos. 

Cada pesquisador estará com um questionário preparado para buscar informações sobre escolaridade, qualificação extra, público consumidor, entre outros, desses microempreendedores. Com isso a pesquisa vai traçar o perfil dos empreendedores e dos negócios do setor de moda e beleza que atuam no Promorar.

Reduzir desemprego e informalidade

Segundo o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, o Empreende Bairro tem como finalidade ser mais um elemento para tentar reduzir o nível de desemprego e informalidade em Teresina através do investimento em pequenos negócios. “Nossa ideia é que consigamos estimular os negócios do bairro através de um consultoria personalizada, de uma capacitação desses empreendedores. Acredito que auxiliando esses pequenos negócios criaremos um ambiente propício para tirar o  pequeno empreendedor da informalidade, desencadeando assim a geração de emprego e renda. Vamos realizar uma pesquisa, oferecer consultoria gratuita e fechar a atividade no bairro com um evento na praça”, finalizou.

Conta de luz subirá até 3,86% com reajuste das hidrelétricas


As contas de luz terão aumento entre 0,02% e 3,86%, com impacto médio de 1,54%, informou a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). 

A alta é justificada pelo reajuste de 45,52% na receita anual de geração de 69 usinas hidrelétricas que atuam no regime de cotas. 

O impacto na conta de luz depende da data do reajuste aprovado pela Aneel e da quantidade de cotas (volume de energia) que cada distribuidora compra das hidrelétricas. 

O volume de cotas de cada distribuidora representa, em média, 22,64% dos contratos de energia das concessões. A remuneração total recebida pelas usinas, de julho de 2018 a junho de 2019, será de R$ 7,944 bilhões.

 

Sem renda, mais de 300 novos soldados da PM cobram nomeação

Foto: Folha de Parnaíba

Mais de 300 novos soldados que se formaram no último dia 25 de junho ainda aguardam a nomeação pelo Governo do Estado para iniciarem o trabalho na Polícia Militar.  Eles reclamam que não receberam mais a bolsa do estágio a que tiveram direito durante o curso de formação, e sem serem nomeados não podem receber salário. 

Os novos policiais destacam que foram usados no reforço do policiamento pela Defesa Civil, nos estádios de futebol, no Centro de Teresina, nos jogos da Copa, além do estágio nas ruas para ao final de tudo “serem mandados para casa sem saber quando exercerão a profissão”.

“E hoje, 22 dias após a nossa formação, estamos no descaso por parte do governo que fez uma das promessas o aumento do efetivo da PM. Com a não nomeação não entramos na folha de pagamento e não estamos mais recebendo como bolsistas, passamos seis árduos meses nos preparando para sermos policiais e estamos agora desempregados”, diz um militar que não quer se identificar.

Os aprovados acreditam que foi feito um estudo de viabilidade técnica para garantir que haveria orçamento para as nomeações. “Então perguntamos a nossa população piauiense, qual o motivo para a não nomeação dos novos soldados já que estão previstos todos os impactos nas contas públicas do acréscimo de pessoal?”, questiona outro policial.

São 324 novos militares que foram formados em Teresina, Picos e Parnaíba. O salário inicial é de R$ 3371,21.

Por meio de mensagens, o secretário de Segurança Pública, coronel Rubens Pereira, disse apenas que os novos policiais serão convocados, mas não existe uma data prevista. "Não posso adiantar data. Estamos vendo pra ser logo, pela necessidade de efetivo no interior", completou. Já o comandante geral da PM, coronel Lindomar Castilho, disse apenas que está "providenciando a nomeação para ser feita até o final do mês". 

A coluna também tentou contato com o secretário de Administração, Ricardo Pontes, mas as ligações não foram atendidas.

Posts anteriores