Cidadeverde.com

Comércio e Administração Pública são os setores que mais empregam no PI

Foto: Arquivo / Cidade Verde

 
O Comércio, a Administração Pública e a Agropecuária são as três atividades econômicas que mais empregam no Piauí, segundo dados da última PNAD Contínua, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Dos três setores, apenas a Administração Pública registrou alta entre o trimestre de janeiro a março e o trimestre de abril a junho. O número de empregados saltou de 240 mil para 261 mil - um crescimento de 8,7%.

Em números, o Comércio perdeu mil postos de trabalho nesse mesmo período, mas permanece como sendo o setor que mais emprega no Estado. São 262 mil pessoas trabalhando. Apesar da perda deste ano, o número é 3,5% maior que o segundo trimestre do ano passado.

Já a Agricultura foi dos três a que mais sofreu perdas de postos de trabalho. De 266 mil trabalhadores no primeiro trimestre, ficaram apenas 240 mil no segundo - uma queda de 9,8%. Ainda assim, o setor está melhor que no mesmo período do ano passado, quando o número de empregados era 224 mil.

Setores que cresceram

A Indústria recuperou um pouco do fôlego e empregou 2 mil pessoas a mais de um trimestre para o outro. Agora são 83 mil funcionários. 

O mesmo resultado foi seguido pelo setor de transportes. Com 2 mil empregos a mais, o setor soma 42 mil funcionários.

Houve uma alta maior no setor de informação, comunicação, atividades financeiras e imobiliárias, que saltaram de 77 mil pessoas para 82 mil. Ou seja, 6 mil empregos a mais de um trimestre para o outro.

Os serviços domésticos cresceram de 58 mil para 67 mil o número de empregados e "outros serviços", de 58 mil para 67 mil.

Setores que caíram

A Construção Civil desempregou 2 mil pessoas entre os trimestres e agora o saldo é de 86 mil trabalhadores.

O setor de alojamento e alimentação sofreu uma perda ainda mair, de 10 mil funcionários. Agora são 63 mil.

 

Leia mais sobre o Estado na Pnad Contínua Trimestral: 

 

Piauí: 52% dos desempregados procura trabalho há menos de 1 mês

População fora da força de trabalho diminui no Piauí, diz IBGE

No Piauí, quase 90% dos trabalhadores domésticos são informais