Cidadeverde.com

Conselho aprova distribuição de 100% dos lucros do FGTS

Foto: Pixabay / reprodução gratuita

A distribuição de 100% dos lucros do FGTS aos cotistas foi aprovada pelo Conselho Curador na segunda-feira (19). Com isso, a rentabilidade do fundo, para este ano, aumenta. 

Segundo o Ministério da Economia, serão distribuídos R$ 12,2 bilhões, relativos aos lucros de 2018. Os valores serão creditados de forma proporcional ao saldo de cada conta vinculada no dia 31 de dezembro de 2018. Quem sacou o dinheiro antes não tem direito ao incremento.

Desde 2017, o fundo repassava 50% dos lucros do ano anterior ao cotista. Com a mudança promovida pela Medida Provisória 889, que amplia de 50% para 100% a distribuição do fundo, o FGTS renderá 6,18% em 2019, ultrapassando inclusive a taxa Selic (juros básicos da economia), recentemente reduzida para 6% ao ano. 

É maior até que o rendimento de outros tipos de investimentos, como o Tesouro Direto e a poupança, que rende, atualmente, 4,2% ao ano. A diferença é que o trabalhador tem mais liberdade para decidir sobre as outras modalidades de investimento, porque o dinheiro não fica tão "preso", quanto no FGTS.

Outro detalhe é que não se sabe se nos próximos anos essa regra de 100% de distribuição dos lucros vai continuar. Por lei, o rendimento das contas do FGTS é de apenas 3% ao ano mais a Taxa Referencial (TR), atualmente zerada.