Cidadeverde.com

Mais uma empresa aérea low cost pede autorização para voar no Brasil

Foto: Divulgação / Jetsmart

Mais uma empresa aérea de baixo custo (low cost) entrou com pedido para operar no Brasil. A informação foi confirmada na segunda-feira (26), pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

A companhia JetSmart deu entrada no pedido para operar voos partindo da Argentina e do Chile para o Brasil.

A empresa é de propriedade do fundo norte-americano Índigo Partners. Segundo a agência, três empresas low cost já tinham pedido autorização para voar no país. A Anac atribui os pedidos à queda da norma que tratava da franquia de bagagens.

As empresas estrangeiras de baixo custo que já chegaram ao país são: a europeia Norwegian, a chilena Sky Airlines e a argentina Flybondi.