Cidadeverde.com

Menos da metade dos cotistas do FGTS pretende sacar os R$ 500

Foto: Arquivo / Agência Brasil


O saque imediato dos R$ 500 do FGTS começa na próxima sexta-feira (13), para quem tem conta poupança na Caixa e nasceu entre os meses de janeiro e abril. Porém, pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha, e divulgada pela agência FolhaPress, revela que apenas 45% dos brasileiros que têm conta vinculada ao FGTS pretende sacar dinheiro. O levantamento diz ainda que 52% já decidiu que não vai fazer a retirada e 2% ainda não sabem.

Quem pretende sacar

A disposição para sacar até R$ 500 é maior entre os desempregados que estão procurando trabalho (63%) e freelancers (62%).

Saque-aniversário

A adesão é ainda menor em relação ao saque-aniversário, que entra em vigor em 2020 e permite retirar do FGTS um percentual anual da conta. Apenas 27% dos entrevistados com contas querem usar a modalidade, 67% não querem e 6% não sabem.

As donas de casas são as mais inclinadas a adotar o modelo de saque-aniversário (45%), dentre as pessoas com conta ativa ou inativa.

Sem conta no FGTS

A pesquisa apontou ainda que a maioria dos brasileiros, 61%, não tem conta ativa ou inativa do FGTS - apenas 36% têm e 3% não sabem.

O Nordeste e o Norte são as regiões com a menor parcela de pessoas com contas, 25% e 26%, respectivamente, regiões em que a informalidade é maior do que no restante do país.

O índice aumenta de acordo com a escolaridade. Entre brasileiros com ensino fundamental, é de 23%, taxa que passa para 49% para os com nível superior.

A pesquisa 

O levantamento do Datafolha foi realizado entre 29 e 30 de agosto de 2019, com 2.878 entrevistados acima de 16 anos, em 175 municípios de todas as regiões do país. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.