Cidadeverde.com

Economia Fácil explica quais as vantagens da conta-corrente gratuita

 

 

Poucas pessoas sabem, mas o Banco Central tem uma regra que obriga todos os bancos a oferecerem aos clientes uma conta-corrente gratuita, sem custos, e com uma série de serviços considerados essenciais.

Essa conta básica lhe dá direito a:

- 1 cartão de débito para compras e saques;

- 4  saques mensais em caixa eletrônico ou guichê

- 2 transferências entre contas da mesma instituição

- 2 extratos no caixa eletrônico

- 1 talão de cheque com 10 folhas por mês - mesmo que hoje em dia quase ninguém mais use cheque.

Geralmente, quando você vai ao banco para abrir uma conta, o gerente oferece um pacote ou cesta de serviços cuja mensalidade varia de R$ 10 a R$ 100. A desvantagem é que, na maioria das vezes, esses pacotes incluem serviços que você nunca vai precisar utilizar.

Para a maioria dos clientes, o pacote de serviços essenciais é mais do que suficiente. Se esse for o seu caso, você pode solicitar hoje mesmo a migração para o pacote gratuito, não precisa abrir uma nova conta corrente para usufruir dessa vantagem.

Essa, porém, não é uma tarefa fácil. Muitos bancos resistem à mudança, alegando uma série de justificativas, como atendimento personalizado e outras "vantagens".

Se o seu gerente se recusar a fazer a mudança, que é um direito seu, você deve fazer uma reclamação no Banco Central, através do site bcb.gov.br, ou no Procon.

Faça as contas. Com a migração para o pacote gratuito é possível economizar um bom dinheiro por ano. Se mesmo depois de todas as tentativas você não conseguir a isenção da tarifa, mudar de instituição bancária pode ser uma opção.

Nos bancos digitais, por exemplo, você tem como abrir contas sem taxas mensais, com muito mais serviços disponíveis. A única "desvantagem" é não ter uma agência física.

Se o seu receio é porque você recebe o salário na conta-corrente que tem taxa de manutenção, você pode fazer a portabilidade. Basta se dirigir ao novo banco de sua escolha e preencher um formulário solicitando que eles mesmos façam o procedimento.

Ou seja, se você é do banco A, mas quer mudar para o B, basta ir ao banco B e pedir a portabilidade. Seu salário seguinte é repassado automaticamente para o banco que você escolheu, no prazo máximo de cinco dias úteis, sem qualquer custo.

Só tem que ficar atento a um detalhe: não esqueça de solicitar ao seu antigo banco o encerramento da sua conta porque fazer a portabilidade de salário não implica no fechamento da conta. Você tem que solicitar. Nesse caso, a instituição tem até 30 dias corridos para atender ao seu pedido.

O quadro Economia Fácil é exibido todas as quinta-feiras, no Notícia da Manhã. Veja abaixo os quadros anteriores:

Economia Fácil mostra o quanto cada eletrodoméstico gasta de energia

Economia Fácil mostra situações em que você deve parcelar as compras

Economia Fácil explica rendimentos e demais regras da poupança

Economia Fácil: entenda como funcionam os investimentos nos títulos do Tesouro Direto

Economia Fácil: saiba como calcular seus rendimentos em LCI e LCA

Saque do FGTS pode ajudar a quitar ou negociar dívidas

Economia Fácil: atenção para não cair no cheque especial sem perceber

Economia Fácil explica como vai funcionar a criptomoeda do Facebook

Economia Fácil: como fazer e onde investir a reserva de emergência

Economia Fácil: o passo a passo para fazer sua planilha de orçamento

Economia Fácil: como planejar metas para alcançar objetivos financeiros

Economia Fácil: entenda como será o saque anual do FGTS

Economia Fácil traz 7 dicas para economizar no supermercado