Cidadeverde.com

Em 28 anos, probabilidade de chegar aos 80 anos no PI cresce 120%

Foto: Pixabay / reprodução gratuita

A diminuição da mortalidade nas idades mais avançadas fez com que as probabilidades de sobrevivência entre 60 e os 80 anos de idade tivessem aumentos consideráveis entre 1980 e 2018, em todas as Unidades da Federação, chegando em alguns casos a mais que dobrarem as chances de sobrevivência entre estas duas idades.

No Piauí, em 1980, a cada mil pessoas que atingiam os 60 anos de idade havia a probabilidade de aproximadamente 231 delas chegarem aos 80 anos. Já em 2018, essa probabilidade aumentou para 510 pessoas a cada mil, o que equivale a um aumento de 120% da probabilidade no período de 1980 a 2018.

A probabilidade no Piauí de um indivíduo de 60 anos atingir os 80 anos foi a segunda menor do Brasil em 2018, só ficando atrás daquela registrada para Rondônia, onde a probabilidade era de 492 pessoas a cada mil. Por sua vez, a probabilidade registrada para o Brasil era de que 599 pessoas a cada mil chegariam aos 80 anos, aproximadamente 15% maior que a probabilidade observada no Piauí (510 pessoas a cada mil).

Um fato que chama a atenção é quando analisamos a probabilidade de sobrevida considerando o sexo, pois em 2018 os homens do Piauí apresentaram a menor probabilidade do país de um indivíduo de 60 anos atingir os 80 anos de idade. Assim, a probabilidade dos homens no Piauí era de 425 a cada mil, enquanto no Brasil a probabilidade era de 527 homens a cada mil, ou seja, a probabilidade no Piauí era aproximadamente 20% menor que a do Brasil.

Quanto às mulheres de 60 anos no Piauí, estas tem uma probabilidade 38% maior do que os homens de atingirem os 80 anos de idade. Assim, em nosso Estado, a cada mil mulheres que atingem os 60 anos há a probabilidade de que 587 delas cheguem aos 80 anos.