Cidadeverde.com

Economia Fácil: os 5 erros mais comuns na hora de começar um negócio

 

Depois que conversamos sobre os primeiros passos para montar um negócio e como buscar financiamento, agora o assunto é minimizar os erros.

Todo empreendedor erra, principalmente no começo. Isso é completamente normal, mas sempre tem como errar menos. Então, aqui vão os cinco erros mais comuns para que você tente evitá-los.

Erro número 1 - planejar mal a necessidade de caixa

Mesmo que você tenha feito os cálculos de forma minuciosa, na grande maioria das vezes, se gasta mais do que o planejado. Por isso, sempre tenha uma margem de pelo menos 20% a mais do que o previsto.

Erro número 2 - não lotar no primeiro dia

Se você abre um restaurante, por exemplo, e no primeiro dia não atrai muita gente, as pessoas não terão uma boa impressão. Use as redes sociais, faça o máximo de propaganda possível para garantir que o local esteja lotado na estreia.

Erro número 3 - não fazer cálculos precisos

Você precisa precificar corretamente as coisas que vai vender para não correr o risco de ficar no prejuízo. É comum subestimar gastos menores, como o quanto você gastou de combustível para conseguir a mercadoria, ou o quanto gasta de óleo para fritar uma batata frita e por aí vai.

Quando você soma todos esses gastos pequenos, você percebe que o lucro fica bem menor ou até mesmo deixa de existir.

Erro número 4 - não contratar gente suficiente para inauguração

Boa parte das pessoas que você contrata vai sair em 15 dias, ou porque consegue um emprego melhor, ou porque não se adapta ou você vai ver que não faz o perfil que você espera. Nem todo mundo é tão bom quanto parece nos primeiros dias, então, não tenha medo de fazer contratos de experiência.

Além disso, abrir com pouca gente pode resultar em um serviço ruim logo nos primeiros dias, o que vai afastar os clientes.

Erro número 5 - não ter sistemas.

Você precisará de um sistema que registre a entrada e a saída de dinheiro, que controle o estoque, a produção... Enfim. Você vai precisar de sistemas para organizar seu negócio. Na internet você encontra vários que cobram um preço único, outros cobram mensalmente e tem aqueles que cobram uma vez por ano. Você precisa fazer uma busca, baixar alguns deles para testes e ver qual se adequa melhor ao seu empreendimento.

E por falar em sistemas que ajudam a organizar o negócio, é importante aprender a delegar funções. Mesmo que o negócio seja só seu, você não vai conseguir fazer tudo sozinho, por isso, delegue. E você também não vai poder agradar a todos,  portanto, foque em fazer o seu máximo, sem perder o foco e pensando sempre no que seu cliente quer.

O quadro Economia Fácil é exibido todas as quinta-feiras, no Notícia da Manhã. Veja abaixo os quadros das últimas semanas:

Economia fácil: veja como investir ajuda a controlar a inflação

Economia Fácil dá dicas de como economizar na compra de material escolar

Economia Fácil traz dicas para não se endividar na compra dos presentes

Economia Fácil explica por que não se deve deixar a dívida prescrever

Economia Fácil: como a mudança na Selic impacta no seu bolso

Economia Fácil traz dicas sobre como financiar o próprio negócio