Cidadeverde.com

Dono da Timon City nega falência da empresa: "é tudo fake news"

Foto: Reprodução / Whatsapp 

Circula nas redes sociais uma imagem de uma folha de papel, timbrado com a logomarca da Câmara de Vereadores Timon, colocando em pauta, na sessão do dia 15 de janeiro, o encerramento das atividades da empresa Timon City, que faz linha entre Timon e Teresina. 

Mas o proprietário da empresa, Ramon Alves Sousa, garantiu à Coluna Economia & Negócios do Cidadeverde.com que a informação de que a empresa vai fechar é falsa.

"Nossa concessão não tem nada a ver com a Câmara. É uma concessão dada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres - ANTT. Isso tudo é falso. Não existe falência, não existe encerramento das atividades, não houve nenhuma audiência. Estamos é trabalhando muito", enfatizou o empresário.

Ramon disse que entrou em contato com a Câmara e lá também não sabiam informar de onde veio essa informação falsa.

"Quero saber de onde isso partiu. Eu estava na fábrica, trabalhando para renovar a frota de veículos e me ligaram falando que tem essa mensagem circulando, mas isso é mentira", reforçou.

A Timon City tem 14 ônibus que fazem linha entre Teresina e Timon e emprega 50 funcionários. 

Enquanto em Teresina a passagem é R$ 3,85 a inteira e R$ 1,28 para estudantes, a empresa Timon City opera cobrando R$ 3 a inteira e R$ 1,50 a meia. Ramon garante que esse valor é suficiente.

"Estamos indo bem. Todos são pagos em dia e temos lucro. Queremos, em breve, baixar ainda mais esse valor e vamos fazer um sistema para que um pai de família pague só R$ 90 por mês para ter direito a andar quantas vezes quiser de ônibus. Para isso, basta que a gente consiga implantar a bilhetagem eletrônica. Essa é nossa luta", completou Ramon.