Cidadeverde.com

Caixa quer juro de crédito imobiliário prefixado entre 8% e 9% ao ano

Foto: Roberta Aline / Cidadeverde.com

Além do financiamento atrelado ao IPCA e à Taxa Referencial, a Caixa Econômica Federal vai lançar agora uma nova modalidade, com juros pré-fixados, sem correção. Nesse modelo, as taxas mínimas devem ficar entre 8% e 9% ao ano. A meta é bater a marca dos R$ 10 bilhões em empréstimos nessa linha no primeiro ano de operação.

O lançamento está previsto para a próxima semana. A ideia é oferecer taxas diferenciadas conforme os prazos da linha prefixada. Os financiamentos de 20 anos, por exemplo, terão juros mais atrativos do que os empréstimos de 30 anos.

Durante evento no fim de janeiro, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, confirmou que a perspectiva do banco é de que os juros da modalidade prefixada ficassem abaixo de 10% ao ano. Disse ainda que, embora a oferta do banco compreenda prazos mais longos, a expectativa era a de que o prazo médio ficasse ao redor dos 8 anos e meio.

Outros bancos já estudam seguir o mesmo caminho e vêem a linha pré-fixada com mais otimismo do que as linhas atreladas ao IPCA.