Cidadeverde.com

Especialista da FGV dá 3 dicas para definir a sucessão em empresas familiares

Foto: Wilson Filho / Cidadeverde.com

Como escolher o sucessor ideal para gerir a empresa familiar? Como saber se a escolha vai garantir a longevidade dos negócios da família? Esses e outros temas serão discutidos na noite desta quinta-feira (7), no auditório da CDL, em palestra gratuita ministrada por Ricardo Franco Teixeira, coordenador de cursos e professor de Estratégias Empresariais da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

"Não temos um modelo de gestão familiar no Brasil, nem no mundo. A sucessão, que é um ponto delicado, se dá mais de forma emocional do que racional. Mas, alocar os melhores talentos nas posições mais adequadas garante a longevidade, a sobrevivência dos negócios e é sobre isso que vamos conversar hoje à noite", explicou Teixeira.

O especialista dá três dicas básicas como referência para uma boa sucessão:

1 - O sucessor não pode ser o filho de maior predileção do fundador da empresa;

2 - Tem que ser o familiar mais preparado para o cargo, a partir das habilidades;

3 - É necessário haver uma seleção interna, com pelo menos três concorrentes ao cargo, na qual será escolhido o mais competente, por consenso.

A palestra tem início às 19h. A CDL está localizada nos cruzamentos das ruas Desembargador Freitas com Rui Barbosa, no Centro de Teresina.