Cidadeverde.com

Governo reduz despesas e espera que governo federal "destrave" verba

Foto: Ascom Sefaz

O Governo do Piauí reduziu as despesas no primeiro quadrimestre de 2015 em 4,8%. A informação é do secretário da Fazenda, Rafael Fonteles. Ele entregou hoje na Assembleia Legislativa os demonstrativos de avaliação do cumprimento das metas fiscais determinados pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Apesar da boa notícia, Rafael considerou que a redução foi pequena e ressaltou que o governo já aprovou junto à Secretaria do Tesouro Nacional operações de crédito importantes, que precisam apenas serem "destravadas" pela presidente Dilma e pelo ministro Joaquim Levy.

Os dados apresentados pelo secretário apontam que, neste primeiro quadrimestre o Estado atingiu 54,35% de despesa com pessoal, sendo que o limite prudencial é de 57% e o limite legal estabelecido pela LRF é de 60%. Em relação à despesa com pessoal, específica do Poder Executivo, os números do primeiro quadrimestre de 2015 mostram 44,59%, enquanto o limite prudencial é de 46,55%. “O que vai salvar o Estado são as operações de crédito e os convênios”, ressaltou Rafael Fonteles.