Cidadeverde.com

Concurso do TJ está suspenso por decisão do CNJ, diz desembargador

O presidente da comissão do concurso do Tribunal de Justiça do Piauí, desembargador Fernando Mendes, explicou que o processo de seleção está suspenso por determinação do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), que é resultado de reclamações dos candidatos. Segundo o desembargador, os concorrentes alegam que o edital foi modificado com o concurso em andamento. A mudaça afeta a disputa principalmente na analise de títulos, última etapa do processo. 

A comissão reconhece que houve alteração, mas justifica que isso se deve a uma nova resolução do próprio CNJ, de fevereiro de 2014, quando o certame já estava lançado. O provimento estabelece limite máximo de 6 títulos por candidado, sendo 2 de doutorado, 2 de mestrado e 2 de especialização, mas o presidente afirma que há concorrentes que apresentaram mais de 10 títulos. "E assim eles se sentem prejudicados. A suspensão não tem relação com fraude, nem com irregularidades. Aguardamos decisão do CNJ para prosseguir com o concurso. A morosidade é porque a questão foi judicializada", completou.