Cidadeverde.com

10% dos pequenos negócios não têm recursos para pagar o 13° deste ano

 

10% das micro e pequenas empresas do país não têm recursos para pagar o 13° dos funcionários neste ano. E, das que garantem o direito trabalhista, 12% recorreram a empréstimos bancários para arcar total ou parcialmente com os valores extras. Os dados são do Sebrae e compõe o relatório do 13° salário em 2015. A pesquisa revela também que 95% das empresas de pequeno porte pagarão o benefício em dia.

A queda do faturamento dos pequenos negócios pode ser uma influência direta na dificuldade de quitação do 13º dos funcionários. Embora esteja em ascensão em relação ao primeiro semestre, o faturamento dos pequenos negócios caiu 11% em relação ao mesmo mês, em 2014. A expectativa, até considerando a média do ano passado, é que o fim de ano traga melhora no faturamento dos pequenos negócios, especialmente o comércio, setor mais afetado pela queda de faturamento neste ano: 50,3% dos estabelecimentos faturaram menos em setembro do que em agosto.

As empresas que terão que pedir empréstimo enfrentarão grandes desafios. Segundo o levantamento, 16% dos pequenos empreendedores têm o pedido negado pelas instituições financeiras. Os dois principais motivos são os seguintes:

- Falta de linha de crédito compatível com o perfil do negócio: 21%
- Falta de garantias reais ao empréstimo: 11%

As justificativas das solicitações de empréstimos são:

- capital de giro: 58% 
- compra de mercadorias: 31%
- máquinas e equipamentos: 30%
- reforma e ampliação: 5%
- capacitação e treinamento de pessoal: 4%