Cidadeverde.com

Governo recebe R$ 300 milhões para investir em infraestrutura no PI

 

O governo do Piauí recebeu nesta segunda-feira (7), os R$ 300 milhões restantes do empréstimo referente ao programa Pró-Desenvolvimento II. A primeira parte, R$ 69 milhões, havia sido liberada em setembro pelo Banco do Brasil. O recurso contempla investimentos nas áreas de mobilidade urbana. “Temos que ressaltar o esforço junto à União, principalmente em manter o Estado fora do CAUC e cumprindo todos os demais requisitos econômicos, contábeis e fiscais. Temos uma prestação de conta impecável junto ao Banco do Brasil”, lembra o secretário da Fazenda, Rafael Fonteles. Segundo o governador Wellington Dias (PT), a liberação desses recursos vai fomentar a economia do Estado, principalmente frente ao cenário de crise. “O investimento em obras de infraestrutura gera emprego e renda. Além disso, traz retorno social porque permite um impacto positivo, melhorando a qualidade de vida das pessoas”, ressalta. O secretário de Fazenda destaca ainda que o investimento em infraestrutura atrai novos investimentos para o Estado e valoriza os imóveis localizados onde as obras são realizadas. 

Vejas as obras que serão contempladas com o recurso:

Entre as obras que serão contempladas com esses investimentos estão: a construção do viaduto da avenida Miguel Rosa; o alargamento da PI 116, que dá acesso à Pedra do Sal; a construção da nova Ponte da Ilhotas-Wall Ferraz; a construção da ligação viária entre as avenidas Gil Martins e Getúlio Vargas (BR-343) e o prolongamento da avenida Barão de Castelo Branco (0,79 Km); a construção de elevado em Picos (BR 316/230/407); a urbanização da avenida Beiro Rio, em Floriano; o melhoramento da implantação, terraplanagem e revestimento primário no entroncamento PI 307 (Transcerrados); os projetos executivos do Sistema Adutores de Algodões II, Jenipapo, Pedra Redonda, Poços e Salinas, dentre outras obras.