Cidadeverde.com

Correios aumentam as tarifas para envio de cartas; Veja como fica

O Diário Oficial da União publicou hoje (10) portaria autorizando o aumento das tarifas dos serviços postais e telegráficos, nacionais e internacionais, prestados exclusivamente pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT). A correção das tarifas, como as de entrega de cartas e telegramas, será 8,89% e ajudará a diminuir o déficit no orçamento da estatal, que deve chegar a R$ 2 bilhões até o fim do ano. Também há outras medidas administrativas a caminho: o presidente dos Correios, Giovanni Queiroz, informou que pretende adiar a renovação das frotas de carros e caminhões da empresa, que atualmente ocorre a cada cinco anos. Além disso, os contratos de 4,8 mil imóveis que a empresa aluga serão revistos, verbas publicitárias e de patrocínio serão cortadas e até o horário de funcionamento das agências poderá sofrer alterações. Para o ano que vem, o objetivo é cortar R$ 1,7 bilhão em gastos e aumentar em R$ 300 milhões a receita da empresa. Veja como ficará os preços das correspondências agora:

Envio de carta não comercial - passa de R$ 0,95 para R$ 1,05;
Envio de carta comercial - passa de R$ 1,40 para R$ 1,50;
Envio de carta social (beneficiários do Bolsa Família) - permanece em R$ 0,01