Cidadeverde.com

Deputado do PI quer alterar projeto da CPMF e isentar baixa renda

O deputado federal Júlio César (PSD) afirmou que apresentará uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que isenta "os pobres" da cobrança da CPMF - o imposto sobre transações financeiras - e ainda divide os recuros arrecadados entre a União, os Estados e os municípios. "Do jeito que a CPMF está proposta pelo governo federal, ela não vai ser aceita, porque só beneficiaria a União, e os Estados e municípios também estão quebrados", argumenta o político.

Júlio explica que pela proposta que ele vai apresentar na Câmara Federal, as pessoas que são isentas do Imposto de Renda (que ganham até R$ 26.816,55 ao ano) também serão isentas da CPMF. "Cerca de 60 milhões de brasileiros serão isentos do tributo", conclui. Já a divisão da arrecadação seguiria os repasses do Fundo de Participação dos Estados e Municípios (FPM e FPE) seria da seguinte forma: 

- União: 51%
- Estados: 21,5%
- Municípios: 24,5%
- Organismos Regionais: 3%

"Nós queremos destinar 3% para fortalecer os organismos regionais, como Dnocs, Sudene e Codevasf. Mostrei ao Felipe Mendes [presidente da Codevasf] e ele achou fantástico", destacou Júlio César.