Cidadeverde.com

Associação que colocar a Ceapi no sistema de PPP

Permissionários da Ceapi - Central de Abastecimento do Piauí - fundaram na manhã desta sexta-feira (15) uma associação para tentar solucionar o problema da falta de estrutura do local, que movimenta cerca de R$ 1 bilhão por ano em vendas de alimento, mas oferece uma estrutura precária aos clientes. A ideia dos permissionários é atrair investimentos privados para o local, através de uma Parceria Público-Privada (PPP). "Temos serviços ruins e somente o investimento privado poderá resolver", argumenta o presidente, Robert Eudes. 

Presente na solenidade de criação da associação, o secretário de Governo, Merlong Solano (PT), afirmou que a PPP será a melhor opção. "Esse é o tipo de negócio que a iniciativa privada poderá conduzir melhor que o poder público. Aqui, além da falta de estrutura, o Estado ainda assume uma dívida de R$ 3 milhões por ano", defende.