Cidadeverde.com

Veja os 8 concursos mais esperados em 2016

O ano de 2016 teve início com a abertura de dois grandes concursos: INSS e IBGE, com 950 e 600 vagas, respectivamente. Mas quais os concursos que ainda poderão ser lançados? Veja a lista dos 8 mais esperados para os próximos meses:

ABIN
A Agência Brasileira de Inteligência formalizou desde abril de 2014 o pedido de abertura de concurso público ao governo federal. A proposta é de 200 vagas para cargos de Oficial de Inteligência, 150 de Oficial Técnico de Inteligência, 50 de Agente de Inteligência e 70 de Agente Técnico de Inteligência.

ANTT
A Agência Nacional de Transportes Terrestres já tem pedido formalizado no Ministério de Planejamento, Orçamento e Gestão, em tramitação desde junho de 2014. A meta da agência reguladora é preencher pelo menos 670 vagas em cargos ainda não especificados. 

BANCO CENTRAL
A Associação Nacional de Proteção e Apoio aos Concursos Públicos (ANPAC) afirma que um novo concurso do Banco Central do Brasil será lançado em 2016, para provimento de vagas para Analistas e Técnicos do Bacen. O déficit de servidores estimado é grande: aproximadamente 2.393 cargos vagos. A expectativa é que pelo menos 2 mil vagas sejam abertas.

BB
Existe a possibilidade do Banco do Brasil divulgar novo edital em breve. Não há informação oficial, mas caso se confirme, provavelmente devam ser abertas vagas para unidades localizadas nos Estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo, Amazonas, Alagoas, Bahia, Minas Gerais, Santa Catarina, ou mesmo outros. A exigência mínima para concorrer é que os candidatos possuam o nível médio completo.

PRF
É muito aguardada a liberação de autorização para o novo concurso da Polícia Rodoviária Federal. De acordo com a solicitação feita em maio de 2014, o objetivo é preencher pelo menos 1.500 vagas de Policial Rodoviário, cargo que exige graduação em qualquer área e CNH categoria “B” em diante.

RF
A Receita Federal abrirá novo concurso público a qualquer momento. No entanto, ainda não há autorização por parte do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). O pedido de concurso para pelo menos 3 mil vagas ainda não obteve resposta positiva do Ministério, lembrando que, desse total, 2.000 seriam somente para Auditor-Fiscal e as demais para Analista-Tributário.