Cidadeverde.com

É possível comprar casa própria com planejamento em 2016, diz Creci

Apesar do momento difícil de crise econômica, há expectativas para uma abertura maior de crédito imobiliário em 2016, mas tudo dependerá da evolução do sistema financeiro. Para quem deseja realizar o sonho da casa própria, especialistas apontam que o planejamento será o diferencial para a aquisição do bem. O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Piauí (CRECI-PI), Nogueira Neto, explica que a avaliação da situação financeira da família deve ser um dos primeiros aspectos a ser analisado. 

“Antes de visitar um imóvel você deve ter uma ideia de qual valor terá disponível para a compra. Verifique se as prestações do imóvel são compatíveis com a realidade financeira naquele momento, e uma perspectiva de como estará daqui há alguns anos. Então deve-se escolher um financiamento de acordo com as possibilidades de arcar com as prestações e fazer as simulações de cálculos, além de comparar as linhas de créditos disponíveis no mercado”, ressaltou.

Qual a melhor opção?
 
Investir em um imóvel na planta pode ser uma grande vantagem para quem tem condições de esperar até a finalização da obra, já que nessas condições, o valor pago é menor do que o imóvel pronto. “Outra vantagem é a valorização do imóvel que pode chegar de 20% a 30% em alguns casos. No entanto, é necessário tomar algumas precauções, como analisar a construtora responsável e exigir o Registro de Incorporação (RI)”, pontua o presidente do CRECI-PI.

Despesas extras
 
Muitas vezes, quem compra um imóvel pela primeira vez desconhece as despesas extras, como o pagamentos dos impostos - IPTU, ITBI - o registro de escritura e outras certidões emitidas em cartórios. "Estas despesas também devem ser incluídas no planejamento familiar", completa Nogueira.