Cidadeverde.com

Quem produzir energia em casa terá desconto nas contas de luz

As novas regras para incentivar o consumidor a produzir energia em casas, comércios e fábricas entram em vigor nesta terça-feira (1º). Na prática, a resolução permite que os consumidores que tiverem micro geradores de energia possam não só usar a eletricidade que produzirem, mas também jogar o excedente na rede das distribuidoras e ganhar crédito, que depois viram descontos na conta de luz. 

Mas, para ter desconto é preciso que a energia seja renovável, produzida, por exemplo, por painéis solares ou mini geradores eólicos. Atualmente, 1.930 imóveis têm esse tipo de instalação no país. Para o governo, as novas regras devem aumentar o número de consumidores que geram energia. A expectativa é que cheguem a 1,2 milhões até 2024.

Como funciona
Um consumidor que possuir micro gerador e produzir, em um determinado mês, mais energia do que consome, receberá um crédito que pode depois ser usados para abater do valor de uma conta de luz. A nova norma também amplia, de 36 para 60 meses, o prazo de validade desses créditos.