Cidadeverde.com

Elas ganham menos, mas são as que mais honram dívidas

Levantamento divulgado nesta terça-feira (8), pela Serasa, aponta que, apesar de as mulheres ganharem menos que os homens, elas são as que mais honram as dívidas com pagamentos em dia. 

Os salários
Mais de 70% das mulheres entrevistadas recebem renda média de R$ 1.760 - entre os homens, esse percentual é bem menor, de 52,4%. As mulheres que sobrevivem com menos de um salário mínimo somam um percentual de 25,7% do total; essa é a realidade de 15,4% dos homens entrevistados. Na ponta dos maiores salários, apenas 7,3% das mulheres têm renda de R$ 8,8 mil, enquanto o percentual masculino é de 11,9%.

Os pagamentos
A inadimplência entra as mulheres é menor que entre os homens, apesar de elas ganharem mais: 42,3% delas têm o nome sujo; a proporção entre eles é de 45,8%. Também é mais alta a porcentagem de mulheres que não ficaram com o nome sujo nos últimos dois anos: 21,4% contra 20,7%. O público feminino tem a renda menos comprometida com as instituições financeiras: 26,8% das entrevistadas não tem comprometimento, enquanto 24,6% do grupo masculino estão nessa condição.