Cidadeverde.com

Nordeste concentra o maior número de pessoas com "nome sujo"

Quase 40% da população entre 18 e 95 anos estão com as contas em atraso. O número soma 58 milhões de pessoas. Os dados são do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), e mostram que o número de consumidores registrados em cadastros de devedores segue em crescimento em todo o Brasil, sendo o Nordeste a região que concentra o maior número de negativados: 15,4 milhões de pessoas. 

Com relação ao percentual da população adulta, este número representa 39,38%, o segundo menor, à frente apenas dos 35,86% da Região Sul, que possui 7,9 milhões de negativados. Na comparação com fevereiro de 2015, a alta mais expressiva da inadimplência ocorreu na região Nordeste, onde foi verificado um aumento de 7,69%. Na sequência, aparecem as regiões Centro-Oeste (5,19%), Norte (3,26%) e Sul (2,63%). As contas que mais têm atraso são as básicas: água e luz.