Cidadeverde.com

Governo federal estuda PDV de servidores e suspender aumento do SM

Para conter os gastos públicos, o governo estuda demitir servidores através de um programa de desligamento voluntário. A proposta foi apresentada pelo ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, e enviada ao Congresso. O documento prevê a concessão de "licença incentivada" para servidores e empregados que representem redução de despesas. Outra medida proposta é a possibilidade de suspender o aumento real do salário mínimo. O programa de contenção de despesas segue três estágios:

Primeiro estágio
- restrição quanto à ampliação do quadro de pessoal;
- restrição ao reajuste salarial acima da inflação de servidores;
- redução das despesas com cargos comissionados.

Segundo estágio
- vedação de aumentos nominais de salários de servidores;
- vedação a novos subsídios;
- desonerações.

Terceiro estágio
- vedação da alta real (acima da inflação) do salário mínimo.