Cidadeverde.com

Reformas podem custar até 20% mais caro que o previsto

Reformas em casa geralmente são sinônimos de estresse e prejuízo financeiro, daí a importância de um planejamento detalhados dos gastos que estão por vir. Porém, mesmo com todo esse cuidado, estima-se que o gasto fica pelo menos 20% maior do que foi imaginado no início, especialmente se o proprietário do imóvel encarar a obra sozinho - desde a compra de material, até a contratação da mão de obra. Nesses casos, o que seria mais barato, pode sair mais caro, e o proprietário ainda vai ter que sair de loja em loja atrás de descontos. 

O engenheiro e especialista em Gerenciamento de Obras Frank Pessoa, alerta para os riscos da mão de obra avulsa. “Esses pedreiros que trabalham por conta própria não têm como fazer uma avaliação exata de quanto cimento será preciso, por exemplo, de quantos metros quadrados de piso é preciso comprar. Certamente vai faltar ou vai sobrar, ou seja, será uma dor de cabeça a mais ou um prejuízo certo. Já no caso de empresas, depois que é feito o orçamento e o contrato, ela se responsabiliza pelos prazos estipulados e dá a garantia de tudo que for realizado durante a reforma”, ressalta o engenheiro, acrescentando que todos os custos com material também ficam a cargo da empresa contratada. 
 
Mais caro?
O fato de contratar uma empresa pode parecer algo apenas destinado a condomínios ou a pessoas de grande poder aquisitivo, o que não é verdade. Frank Pessoa lembra que somente para pequenos reparos não é indicado a contratação de uma empresa. “É certo que toda empresa possui despesas como impostos, encargos trabalhistas de seus funcionários, entre outras coisas. Mas, ao evitar todos os gastos desnecessários, como compra de algo que acaba não precisando, ao final, o custo final é praticamente o mesmo. Sem falar na dor de cabeça que será evitada, até mesmo no futuro, com a garantia dada pelo serviço”, concluiu.