Cidadeverde.com

Anatel alerta: se obrigar uso ilimitado de internet, o preço vai subir


O presidente da Anatel, João Rezende, afirmou que se obrigar as operadoras a oferecerem banda larga ilimitada não poderá manter o valor do serviço e a exigência de qualidade. Ele defende que seria até mais fácil para a Anatel obrigar as empresas a adotarem internet ilimitada, mas elas poderiam aumentar o valor do serviço e diminuir a qualidade - o que acabaria prejudicando mais ainda o consumidor. 

Na última segunda-feira (18), a Anatel publicou no Diário Oficial da União a decisão cautelar que impede temporariamente as operadoras de internet fixa de reduzir a velocidade ou suspender a prestação do serviço de banda larga após o término da franquia prevista - mas só até que as empresas forneçam ferramentas que permitam aos clientes acompanhar o consumo dos pacotes. Dessa forma, em alguns meses, os cortes voltarão a acontecer, caso estejam previstos no contrato.

Técnicos do setor de internet banda larga afirmam que a aplicação de limite à navegação se deve à popularização de serviços de streaming, como o Netflix, em que os arquivos são acessados sem a necessidade de gravá-los no computador.