Cidadeverde.com

ZPE de Parnaíba começa a funcionar em julho, com 3 mil empregos


A Zona de Processamento de Exportação (ZPE) de Parnaíba está em fase final de implantação e as primeiras atividades já devem acontecer até o mês de julho. A expectativa é gerar 3 mil empregos indiretos no início - a maioria no campo, para suprir a demanda de uma empresa especializada na industrialização e exportação de cera de carnaúba. 

O presidente da ZPE, Paulo Cardoso, é ainda mais otimista com relação à geração de emprego. Ele assegura que, com a total conclusão da Zona, irão surgir várias outras vagas. "Com a ZPE em desenvolvimento, a projeção de empregos vai aumentar. Temos, por exemplo, o interesse de empresas do ramo de calçados, que é uma área que emprega bastante no estado”, explica Cardoso, destacando que a ZPE é uma grande oportunidade de novos negócios, em meio a crise econômica que o país enfrenta.

Outras vantagens do início do funcionamento da ZPE é que a população será beneficiada com o sistema de abastecimento de água nas três comunidades da região, que até então não usufruem de água encanada. Com o projeto finalizado e o funcionamento da Estação de Tratamento de Água (ETA), cerca de 4 mil famílias passarão a receber água potável.