Cidadeverde.com

Apesar de negativo, saldo de empregos do PI foi o melhor do Nordeste

O Piauí teve saldo negativo de empredos em abril. Foram 348 postos de trabalho fechados. O número representa redução de 0,12% em relação ao estoque de assalariados com carteira assinada do mês anterior (março). Em abril, foram 7.802 admissões e 8.150 demissões. 

Os setores que mais demitiram foram: 

Construção Civil: - 580 postos
Comércio: - 210 postos
Serviços Industriais: - 163 postos
Agropecuária: - 141 postos

Os que mais contrataram foram:

Serviços: 581 
Indústria da Transformação: 176

Nos quatro primeiros meses do ano (de janeiro a abril), o número de postos de trabalho fechados somou 7.440. Nos últimos 12 meses, o número chega a 10.753.

 

Dentre os municípios piauienses com mais de 30 mil habitantes, a cidade de União foi a que teve melhor resultado em abril, com saldo positivo de 268 empregos. Teresina ficou em segundo lugar, gerando 173 novos postos. Em último lugar, ficou Parnaíba, com saldo negativo de 134 empregos formais. 

Comparativo

Da Região Nordeste, o Piauí foi o Estado com melhor resultado. Em segundo lugar ficou a Paraíba, cujo saldo ficou negativo em 1.054 empregos. Em terceiro, Sergipe, com - 1.262.

No comparativo com todos as unidades federativas, o Piauí ficou em 6º lugar - atrás de Minas Gerais (+ 3.886), Espírito Santo (+ 466), Amapá (+ 50), Roraima (- 64) e Tocantins (- 327).

Histórico

Em abril de 2015, o Piauí fechou o mês com saldo positivo de 612 empregos. Em 2014, o resultado havia sido bem melhor: 2.983 novos postos de trabalho - o melhor desde 1992, quando foi iniciada a série histórica.