Cidadeverde.com

Militares denunciam desconto irregular na folha de junho


Policiais militares do Piauí se surpreenderam com um desconto no contracheque do mês de junho, referente a uma contribuição sindical, que, por lei, não pode ser aplicada à categoria. O desconto varia de R$ 41 a mais de R$ 100, segundo o presidente da Associação de Cabos e Soldados do Piauí, Agnaldo Oliveira.

"Foi um ato sem autorização e por isso, já acionamos o setor jurídico para que o valor seja devolvido em dobro, uma vez que foi indevido. É isso que a lei determina", afirmou o presidente da associação.

O secretário da Administração Pública do Piauí, Franzé Silva, explicou ao Cidadeverde.com que o desconto foi resultado de um equívoco da Procuradoria do Estado. Existe uma determinação estadual de que seja realizado esse desconto para todos os servidores públicos civis - dessa forma, os militares estão excluídos, até porque, por lei, eles não podem ser sindicalizados.

"A Procuradoria já vai corrigir o equívoco e o valor descontado será restituído integralmente na próxima folha", promete o secretário.