Cidadeverde.com

Desemprego no Brasil permanece estável: 11,4 milhões de pessoas

Após quatro altas seguidas, a taxa de desemprego permaneceu inalterada no país, em 11,2% no trimestre que se encerra em maio. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua divulgada nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A expectativa era de que a taxa subisse para 11,4%. 

No mesmo período do ano anterior, a taxa era de 8,1%. Em outras palavras, em maio de 2016, o país teve 11,4 milhões de pessoas desocupadas - ou seja, 3,3 milhões a mais que em maio de 2015. Já a população ocupada (90,8 milhões de pessoas) apresentou queda de 1,4% (menos 1,2 milhão de pessoas). 

O número de empregados com carteira assinada no setor privado apresentou redução de 4,2% (menos 1,5 milhão de pessoas), quando comparado ao mesmo período do ano anterior. O rendimento médio real habitualmente recebido em todos os trabalhos (R$ 1.982) ficou estável frente ao trimestre dezembro de 2015 a fevereiro de 2016 (R$ 1.972) e caiu 2,7% em relação ao mesmo trimestre do ano passado (R$ 2.037).