Cidadeverde.com

Aumento de impostos em 2017 deve gerar R$ 8 bilhões

Apesar de não terem falado claramente sobre o aumento dos impostos, líderes do governo federal já trabalham com o cenário de aumento dos impostos em 2017 - também com a criação de novas tarifas. A estimativa é que esse incremento gere uma receita adicional de R$ 8 bilhões. O Ministério do Planejamento, em ofício à Comissão Mista de Orçamento (CMO), informou que o montante será formado por alterações de alíquotas, ampliação da base de cálculo ou majoração e criação de tributo ou contribuição.

Em outras palavras, o brasileiro já pode contar como certa a criação de um imposto do tipo da CPMF. A comissão votou na última quinta-feira (14) o texto-base da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2017, que contém a projeção de déficit primário de R$ 139 bilhões para o governo central.

O montante de R$ 8 bilhões, segundo o documento, virá de "medidas de receita" somando R$ 9,47 bilhões, que ainda serão definidas no âmbito do projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA). Também entram na conta o aumento do IPI-Fumo, com receitas de R$ 492,4 milhões e a elevação de IPI sobre outros itens - como sorvetes e chocolates -, com mais R$ 132,9 milhões.