Cidadeverde.com

Depósito do FGTS poderá ser facultativo; Veja possíveis mudanças

Uma possível mudança nas leis trabalhistas têm gerado polêmicas entre os brasileiros. Há a expectativa de que o governo federal envie ao Congresso Nacional uma proposta de reforma trabalhista que aumenta a jornada semanal de 44 para 60 horas.

A proposta é semelhante a que foi levantada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), mas pelo desconforto gerado, a instituição desmentiu a ideia. Veja alguns pontos da mudança que pode ser enviada ao Congresso:

- Flexibilização da CLT: a negociação de salários e tamanho da jornada poderá se sobrepor à lei;

- Jornada Semanal: pode aumentar de 44 para 60 horas. Os sindicatos defendem a redução para 40 horas.

- Hora de almoço: poderá ser reduzida à metade. 

- Terceirização: contratação de trabalhadores terceirizados nas atividades-fim das empresas.

- FGTS: depósito poderá ser facultativo, não mais obrigatório.

- Férias e 13º salário: poderão ser parcelados ao longo do ano.