Cidadeverde.com

Feijão e leite puxam a inflação na última semana de julho

Além do feijão, o preço do leite agora também surpreende os consumidores. A inflação semanal (IPC-S) fechou o mês de julho com alta de 0,37%, puxada, principalmente, pelo aumento nos preços desses dois produtos. No ano, o indicador sobe 4,89% e, nos últimos 12 meses, 8,37%. Veja como se comportaram alguns grupos:

Transporte: alta de 0,25% (gasolina ficou mais cara).
Saúde e cuidados pessoais: saiu de 0,68% para 0,85%.
Vestuário: de -0,15% para 0,18%.
Comunicação: de 0,15% para 0,17%.

Os preços que recuaram foram:

Alimentação: de 0,71% para 0,39%.
Educação, leitura e recreação: de 0,72% para 0,71%.
Despesas diversas: de 0,64% para 0,49%.

No setor de habitação manteve a taxa de variação de 0,14%. Alguns itens registraram aumento, outros recuo:

Mão de obra para reparos em residência (de 0,26% para 1,57%)
Tarifa de eletricidade residencial (de -1,22% para -1,88%)
Hortaliças e legumes (de -6,71% para -12,13%)
Passagem aérea (de 12,29% para 3,71%)
Alimentos para animais domésticos (de 2,79% para 1,12%)
Gasolina (de -0,88% para 0,22%)
Artigos de higiene e cuidado pessoal (de 1,20% para 2,14%)
Roupas (de -0,43% para -0,01%)
Mensalidade para internet (de 0,14% para 0,88%)