Cidadeverde.com

Jogar Pokémon Go pode dar demissão por justa causa

O jogo já virou febre! Caçar Pokémon Go é hoje a atração predileta dos brasileiros ligados nas novas tecnologias. Porém, quando o jogo começa a virar vício e afetar o trabalho, vira um grande problema. Já há empresas se queixando do prejuízo na produtividade dos funcionários que usam o aplicativo durante o expediente. O que muita gente não sabe é que a CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) prevê demissão por justa causa em casos de queda no desempenho do empregado.

Especialistas em direito ressaltam que a empresa pode, inclusive, restringir o uso de aparelhos celulares dentro do ambiente de trabalho, seja por normas da própria empresa ou por acordos coletivos. Em caso de desobediência à regra, o funcionário poderá ser advertido ou demitido por justa causa por insubordinação.