Cidadeverde.com

Piauí deve colher cerca de 900 mil toneladas de cana-de-açúcar em 2016

O Piauí vai colher cerca de 900 mil toneladas de cana-de-açúcar este ano, o que representa uma pequena redução em relação às 967 mil toneladas colhidas no ano passado. A queda é decorrente da escassez de chuvas que afeta praticamente todos os municípios piauienses. A seca reduziu quase pela metade a produção de grãos do estado. 

Em União, principal produtor de cana-açúcar do Piauí, a colheita começou em junho e segue até dezembro. No município está instalada a fazenda e a usina da antiga Comvap, hoje controlada pelo Grupo Olho D’Água, um dos maiores produtores de açúcar e álcool do Nordeste, com sede no Pernambuco. A expectativa do Grupo Olho D’Água é colher aproximadamente 900 mil toneladas nos 13.500 hectares cultivados pela empresa. Tem ainda a produção de 3 mil hectares de fornecedores, cuja colheita não é ainda possível estimar.

Toda a produção deve gerar algo em torno de 32 milhões de litros de álcool etanol e 1,3 milhão de sacas de açúcar de 50 quilos. O álcool é vendido diretamente para a Petrobras e o açúcar abastece o mercado interno do Piauí e outros estados do Nordeste. A usina tem capacidade de moagem de 1,2 milhão de toneladas de cana-de-açucar.

A alternativa encontrada pela empresa para diminuir o impacto da seca na produção é investir na irrigação. Hoje, dos 13.500 hectares plantados pela Comvap, 4 mil hectares são irrigados.