Cidadeverde.com

INSS convoca 1,6 milhão para revisar benefícios por incapacidade

Nesta quinta-feira (1º), o INSS começou a convocar os segurados para fazer revisão dos benefícios recebidos através de exames. Isso inclui auxílio-doença e aposentadoria por invalidez. O país tem 530 mil beneficiários com auxílio-doença e 1,1 milhão de aposentados por invalidez com idade inferior a 60 anos. Todos passarão pela avaliação. A estimativa é que entre 15% e 20% dos benefícios sejam cortados. A economia calculada é de R$ 126 milhões por mês.

A convocação acontecerá por meio de carta e reforçada nos terminais eletrônicos das agências bancárias. Após o recebimento, os beneficiários terão 5 dias úteis para agendar a perícia, através da central de teleatendimento 135. Quem não atender ao chamado do INSS terá o benefício suspenso até conseguir agendar nova perícia. 

Critérios
O agendamento e a convocação da revisão obedecerão a critérios como idade do segurado (da menor para a maior) e o tempo de manutenção do benefício (do maior para o menor). Dessa forma, serão chamados primeiro os segurados mais jovens e que recebem o benefício há mais tempo. Aproximadamente 2,5 mil dos 4,2 mil peritos do quadro do INSS trabalharão nas perícias de revisão. O valor médio desses benefícios é de R$ 1.193,73.