Cidadeverde.com

Escassez de talentos afeta ocupação de vagas no Brasil

Apesar da crise econômica, o mercado de trabalho brasileiro ainda tem dificuldades de preencher vagas de emprego. O motivo é a escassez de talentos - os candidatos não possuem a qualificação profissional exigida nas seleções. É isso que mostra a 5ª edição da pesquisa Hays Global Skills Index, da consultoria Hays, em parceria com a Oxford Economics.

O maior problema é que neste ano, o Brasil piorou no nível de desenvolvimento do mercado, com nota 5,4, numa escala de 10, onde quanto maior a nota, maiores as dificuldades enfrentadas pelo país. O aumento foi de 0,4 em relação a 2015. Os principais fatores que, segundo a pesquisa, agravaram o índice foram:

- aumento do desemprego
- pressão dos salários de vagas que requerem altas habilidades em indústrias 
- níveis de educação

O indicador brasileiro com maior diferença entre 2016 e 2015 foi a incompatibilidade de talentos, que aumentou de 5,7 para 8,8. Gerentes de compliance, financistas com inglês fluente, profissionais de compras focados em redução de custos e executivos com experiência em gerenciamento de mudanças são exemplos de posições difíceis de preencher no país.