Cidadeverde.com

Comércio prevê menos de 200 novas contratações para o Natal

 

Apesar de o governo e a prefeitura já terem garantido o pagamento do Décimo Terceiro Salário deste ano, o comércio ainda não está tão otimista quanto a uma recuperação neste Natal. O presidente do Sindicato dos Lojistas do Piauí, Luís Antônio Veloso, acredita que o número de contratações temporárias em Teresina ficará abaixo do registrado no ano passado, cuja estimativa era de 200 contratações. Em todo o Piauí, segundo dados do Caged, do Ministério do Trabalho, o saldo de empregos no comércio em dezembro de 2015 ficou negativo, com fechamento de 25 postos. 

"A situação ainda pede cuidado. Boa parte das lojas ainda está operando no vermelho e precisa se recuperar para não fechar as portas. Para haver contratação é necessário que o volume de vendas seja bem maior que o normal. E, tirando por base agosto deste ano, que teve menos contratação que no ano passado, podemos esperar o mesmo comportamento do Natal", justifica o presidente.

Em entrevista à Coluna Economia & Negócios, do Cidadeverde.com, Luís Veloso acrescenta que, por mais que o período ainda não seja de recuperação, o volume de vendas deve ser, pelo menos, igual ao registrado no ano passado. "Já paramos de cair e estamos nos igualando aos resultados de 2015. Sendo otimista, acredito que as vendas podem crescer entre 2% ou 5%, mas se não crescerem, pelo menos ficarão no mesmo nível", completa.

Luís Veloso avalia que os itens mais vendidos serão os mais baratos. "Os produtos abaixo de R$ 60 deverão ter mais saída esse ano por causa da crise", conclui.