Cidadeverde.com

Poupança em baixa: saques superam depósito pelo 10º mês

Pelo 10º mês seguido, a poupança mostrou que está em decadência. Os saques somaram R$ 165,524 bilhões em outubro e, nos dez meses desse ano, a retirada líquida (descontados os depósitos) chegou a R$ 53,251 bilhões - quase o mesmo resultado negativo registrado em todo o ano passado (R$ 53,567 bilhões).

Os rendimentos creditados nas cadernetas totalizaram R$ 4,062 bilhões no mês passado. O saldo total nas contas ficou em R$ 644,340 bilhões, em outubro. O Banco Central analisa que o motivo dos saques é a alta da inflação e dos juros, que fazem com que outras aplicações sejam mais atrativas - dependendo da taxa de administração. O outro motivo é a crise, que faz com que os brasileiros tenham menos dinheiro para depositar e precisem sacar mais recursos para honrar os pagamentos mensais.