Cidadeverde.com

Procon veta cobrança de pizza de 2 sabores com preço da mais cara

 

Quem nunca se sentiu injustiçado ao pedir uma pizza de dois sabores e pagar pelo valor da mais cara? O Procon de Fortaleza (CE) abriu uma operação para proibir essa cobrança nas pizzarias da capital cearense, alegando que se cada sabor tem um preço diferente, a cobrança deve ser feita proporcionalmente. Portanto, a venda da pizza inteira pelo valor do sabor mais caro é "excessiva", já que o cliente consome apenas metade do produto pelo valor que pagou. 

O Procon de Fortaleza afirma que a interpretação do Código de Defesa do Consumidor (CDC) vale em todo o país e os consumidores que se sentirem lesados pela cobrança irregular de pizza de dois sabores devem procurar o Procon de seu município. Inicialmente, a fiscalização dos estabelecimentos cearenses será educativa e as pizzarias têm 5 dias para parar de fazer esse tipo de cobrança. Após esse prazo, será aplicada multa. 

O Procon do Piauí confirmou à Colunda de Economia & Negócios do Cidadeverde.com que se os consumidores se sentirem lesados, devem procurar a assessoria jurídica do órgão.