Cidadeverde.com

Empresa italiana arremata Celg D em leilão de privatização

A Celg Distribuição, empresa de distribuição de energia de Goiás, controlada pela Eletrobrás, foi arrematada pela empresa italiana Enel Brasil, no leilão de privatização ocorrido nesta quarta-feria (30), às 9h na sede da BM&F, em São Paulo, com ágio de 28,03% e valor de R$ 2,187 bilhões. Esse é o primeiro processo de privatização na gestão do presidente Michel Temer (PMDB). Em agosto último, houve uma tentativa de venda, mas a ação foi frustrada. A Celg Distribuição atende 237 municípios do Estado de Goiás ou 98,7% do território goiano e tem 2,61 milhões de unidades consumidoras em uma área de concessão de 336.871 km².

Segundo o edital publicado, no último dia 28 de outubro pelo Ministério de Minas e Energia (MME) e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o valor mínimo para desestatização é de R$ 1,791 bilhão. O novo controlador terá de cumprir as novas metas de desempenho operacional nos 5 anos subsequentes refletindo em melhora substancial do serviço prestado à população atendida.