Cidadeverde.com

Governo mudará sistema de cartão de crédito se juros não baixarem

A equipe econômica não recuou em relação a mudanças no sistema de pagamento de cartões de crédito - o prazo para repasses das emissoras aos lojistas deverá ser reduzido de 30 para 2 dias, na tentativa de melhorar a economia do país. A informação é do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. 

De acordo com o ministro, a diminuição de 30 para dois dias no prazo em que as administradoras de cartões de crédito repassam o valor das compras aos lojistas depende apenas de resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN) para ser fixada. O governo espera que os bancos baixem os juros de forma voluntária nos próximos 30 dias. Caso a redução não ocorra, a equipe econômica mudará o prazo, na reunião de janeiro do conselho.

“As medidas serão tomadas de uma forma ou de outra. O importante é que o custo para o consumidor seja menor. Existe um instrumento do CMN para encurtar o prazo [de pagamento ao lojista]. Os bancos definem os juros. Vamos observar a queda. Se não houver queda, diminuímos o prazo”, declarou Meirelles.