Cidadeverde.com

Pais economizam até 70% na feira de livros usados de Teresina

Foto: Helder Sousa / Cidadeverde.com
 

Os livros são os itens mais caros da lista de material escolar. E, em ano de crise, não são poucos os pais que decidiram dar uma "passadinha" na Feira de Livros usados da Praça do Fripisa. A economia, segundo a presidente da Associação de Vendedores, pode chegar a 70%. "Isso faz com que a gente acredite que vai ter um público maior esse ano. Além disso, as compras são facilitadas porque parcelamos o valor", disse a presidente Amparo Pilar.

O movimento na feira costuma ser maior na segunda semana de janeiro. A feira existe há 20 anos e tem 118 estandes. Além da venda de livros usados, a maioria dos vendedores aceitam trocar os livros que os consumidores levam, melhorando ainda mais as condições de negociação. A ideia de reaproveitar livros usados já está, inclusive, em prática em algumas escolas particulares. Em uma delas, o pátio é cedido por duas semanas para os pais fazerem as trocas. Mas existe uma regra: nenhum livro pode ser vendido por mais da metade do preço das livrarias.