Cidadeverde.com

Taxa de juros deve fechar o ano abaixo dos dois dígitos

A inflação fechou o ano de 2016 dentro do sistema de metas, em 6,29%. Com base no resultado, os analistas do mercado reduziram ainda mais as estimativas para este ano. Além disso, com o corte de 0,5 ponto percentual na Selic, os especialistas deixaram de prever que a taxa básica de juros vai fechar 2017 em 10,50%. A nova previsão fica abaixo dos dois dígitos. Veja mais informações do Boletim Focus, do Banco Central: 

Previsão para 2017:
Inflação pela IPCA: caiu de 4,81% para 4,80% (acima da meta, de 4,5%).
PIB: crescimento de 0,5% 
Taxa de juros (Selic): caiu de 10,50% ao ano para 9,75%.
Câmbio: dólar em R$ 3,40.
Balança comercial: US$ 46 bilhões de superavit.
Entrada de investimentos: US$ 70 bilhões.

Previsão para 2018:
Inflação pela IPCA: 4,50% (no centro da meta).
PIB: crescimento de 2,20% 
Taxa de juros (Selic): 9,50%
Câmbio: dólar em R$ 3,50.
Balança comercial: US$ 40,75 bilhões de superavit.
Entrada de investimentos: US$ 71,10 bilhões.