Cidadeverde.com

FGTS pode ser usado para quitar 1 ano de parcelas em atraso

O Conselho Curador do FGTS decidiu que o fundo poderá quitar até 12 parcelas atrasadas do financiamento de imóveis. Antes, era possível pagar apenas três prestações. As novas regras valem para quem financiou casa ou apartamento por meio do Sistema Financeiro da Habitação, dentro do valor máximo de R$ 950 mil. A pessoa também não pode ter outros imóveis em seu nome. 

A medida vem num momento importante, em que as famílias estão deixando de pagar, principalmente, as contas mais altas e com juros mais baixos, como é o caso dos financiamentos em habitação. É uma forma de colocar as contas em dia sem ter que passar por mais apertos no orçamento, mas a medida só deve vigorar durante o ano de 2017. 

O Conselho também aprovou as novas regras anunciadas pelo governo federal que ampliam o número de famílias que terão acesso ao Programa Minha Casa Minha Vida.